quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Impacto das TIC no nosso dia-a-dia: Indústrias


Antigamente, a indústria passava pelo Artesanato, em que o artesão executava sozinho todas as fases da produção e até mesmo a comercialização do produto, não havia divisão do trabalho nem o emprego de máquinas, somente de ferramentas simples, até ao séc. XVII e pela Manufactura em que cada operário realizava uma tarefa ou parte da produção, mas a produção ainda dependia fundamentalmente do trabalho manual, embora já houvesse o emprego de máquinas simples, de 1620-1750.

Mas, a maquinofactura veio revolucionar as indústrias, com a Revolução Industrial, que se caracterizava pelo emprego maciço de máquinas e fontes de energia modernas (carvão mineral, petróleo, etc.), produção em larga escala, grande divisão e especialização do trabalho, de 1750 até hoje.

Antigamente, todo o trabalho era feito pelo homem, utilizando toda a sua força e capacidade física, mas, hoje em dia, até para verificar os stocks se utilizam meios informáticos que facilitam o escoamento dos produtos, utilizam máquinas para realizar grande parte do trabalho, produzir em grande escala e assim, aumentar o lucro e o rendimento da produção, fazendo diminuir o custo final do produto, logo, o empresário e o trabalhador beneficiam com o desenvolvimento das indústrias, com a ajuda e desenvolvimento das tecnologias da informação e comunicação.

Mas, com a maquinização e automação da indústria, como as máquinas fazem o que o homem faz, isto leva ao desemprego. Apesar do elevado custo das máquinas e robots, esse valor é rapidamente amortecido pelo lucro obtido.

Realizado por Hugo Costa, Joana Saldanha e Joana Tavares

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.